Dudu Hollanda cobra mais segurança e relata ação de gangue em Passo de Camaragibe

por Comunicação/ALE publicado 19/04/2017 19h29, última modificação 19/04/2017 19h29

O deputado Dudu Hollanda (PSD) usou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira, 19, para falar mais uma vez da violência no Estado. O parlamentar informou que recebeu ontem uma mensagem da prefeita de Passo de Camaragibe, Márcia Coutinho, relatando que mais de 12 homens tinham invadido a cidade. Na ocasião, segundo o deputado, eles fecharam a principal entrada da cidade, renderam os três policiais que estavam no Grupamento da Polícia Militar, assaltaram as agências do Banco do Brasil, Bradesco e dos Correios e ainda deram rajadas de tiros.

“Isto é muito preocupante. A violência cresce de forma organizada. Os militares estão em número reduzido e com pouco armamento. Segundo informações, os bandidos atuaram de forma organizada, usando balaclavas, roupas escuras e, em três camionetes, aterrorizaram Passo de Camaragibe. Foram feitos vários contatos com o 6º Batalhão, que fica em Maragogi, responsável pela região, que prestou o serviço, mas o deslocamento até Passo de Camaragibe é muito difícil.”, declarou Dudu Hollanda, informando que relatou ao governador Renan Filho o momentos de terror vividos pela população do município.

O parlamentar disse que é preciso ter policiais mais motivados e com condições e respaldo para agir. “Não adianta ter policiais nas ruas com uma pistola para confrontarem com criminosos com armamentos mais pesados”, disse Dudu, lembrando o excelente trabalho desenvolvido pelo ex-secretário Alfredo Gaspar na época que comandava a secretaria de Segurança do Estado. O deputado ainda citou alguns nomes que poderiam exercer o cargo de comandante da PM ou de comandante de batalhões como os coronéis Monteiro, do Vale e Rocha Lima. “São militares que têm coragem de enfrentar a bandidagem”, destacou.

Em aparte, o deputado Bruno Toledo (PSDB) reconheceu que o governador do Estado vem fazendo um bom trabalho na área de segurança pública mas lembrou que a força policial não pode está em vários locais ao mesmo tempo. Também em aparte, o deputado Ronaldo Medeiros (PMDB) apontou que no País faltam investimentos em políticas púbicas como Educação e Saúde, e que Alagoas vem cumprindo seu papel na área de Segurança. O deputado Cícero Cavalcante (PMDB) disse que a comandante do batalhão da região onde aconteceu o assalto, Fátima Basílio, vem fazendo um bom trabalho e acredita que os bandidos que cometeram o assalto não são de Alagoas.

O deputado Rodrigo Cunha (PSDB) disse que estes assaltos e o crescimento da violência no Estado serve de alerta para o Governo e lembrou que os últimos três meses foram o mais violentos dos últimos anos. A deputada Jó Pereira (PMDB) disse que é preciso focar na execução de políticas públicas de base, oportunizando Educação para todos, como acontece com as escolas integrais. O deputado Gilvan Barros Filho (PSDB) também ressaltou o alto índice de violência no Estado, lembrando um assalto a um casal de jornalista, na região Norte, que vieram fazer uma matéria para divulgar as belezas naturais do Estado. Já o deputado Francisco Tenório (PMN) destacou que nos locais onde foram construídos Centros Integrados de Segurança Pública (Cisps) a violência tem diminuído e falou da importância de um maior investimento em políticas públicas.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.