Inácio Loiola comemora adiamento da privatização das distribuidoras da Eletrobras

por Comunicação/ALE publicado 23/05/2018 16h51, última modificação 23/05/2018 16h51

A desistência da Câmara Federal em votar a Medida Provisória (MP) nº 814, que trata da privatização das distribuidoras da Eletrobras e da Chesf este ano, foi comemorada pelo deputado Inácio Loiola (PDT). Em pronunciamento durante a sessão ordinária desta quarta-feira, 23, o parlamentar contou que a MP foi retirada da pauta por falta de apoio dos congressistas. “É uma vitória do povo brasileiro, em particular do povo nordestino e de nós alagoanos, que marcamos posição contrária à privatização das distribuidoras da Eletrobras, a exemplo da venda da nossa Eletrobras Alagoas, que representa um patrimônio do povo alagoano que tanto ajudou e ainda ajuda no desenvolvimento do nosso Estado”, disse Loiola.

Na opinião de Inácio Loiola, a não privatização assegura o emprego de centenas de trabalhadores e ajuda a manter a Chesf. “Que tanto fez e faz em prol da região dos Lagos do rio São Francisco, sendo parceira na integração e no desenvolvimento regional dos estados da Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas”, observou o pedetista, acrescentando que, em conseqüência, o rio São Francisco permanece sendo do povo.

“Toda essa realidade nos anima, como membros da frente parlamentar em defesa do rio São Francisco e contra a privatização da Chesf e das distribuidoras da Eletrobras, a mantermos vigilantes contra esse programa de venda e entrega das nossas empresas nacionais ao capital estrangeiro indo de encontro ao interesse da sociedade e a integração e o crescimento regional. Não à privatização”, concluiu o deputado Inácio Loiola

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.