Ronaldo Medeiros lamenta falta de vagas no ensino público de Maceió

por Comunicação/ALE publicado 13/12/2017 18h40, última modificação 13/12/2017 21h51

A notícia de que aproximadamente 135 mil crianças em idade escolar ficaram fora da sala de aula este ano, em Maceió, foi tema do pronunciamento do deputado Ronaldo Medeiros (PMDB) durante a sessão ordinária desta quarta-feira, 13. Indignado, o parlamentar classificou a situação como uma calamidade e criticou o governo municipal por ter “escondido” o fato da sociedade. Medeiros disse ainda que seu interesse não é partidarizar ou politizar o assunto, e que, a partir do próximo ano, convidará a Secretaria Municipal de Educação (Semed), a Prefeitura de Maceió e a Secretaria de Estado da Educação(Seduc) para, em conjunto com o Parlamento alagoano, encontrar uma solução para o problema.

Durante a fala, Ronaldo Medeiros leu trechos da matéria jornalística, veiculada no site Gazetaweb, dando conta que os dados foram repassados pela 28ª Vara Cível da Infância e Juventude, cuja titular, a juíza Fátima Pirauá, também se mostra bastante preocupada com a situação. Ainda segundo a reportagem, muitos pais recorrem à Justiça para conseguir uma vaga na rede municipal de educação. “São mais de cem mil vagas de jovens que poderiam estar sonhando com um futuro, no entanto, a maioria deles vai para a delinquência”, disse o deputado. “É um incentivo a marginalidade. Estão assassinando o futuro desses jovens”, declarou Medeiros, chamando a responsabilidade também para o Legislativo alagoano. “Essa Casa tem uma grande responsabilidade com esses casos. Tem que haver uma união para tentar salvar esses jovens”, observou o parlamentar.

Em aparte, os deputados Edval Gaia Filho (PSDB) e Inácio Loiola (PSB) destacaram a importância do discurso de Ronaldo Medeiros. O primeiro, no entanto, ponderou que a causa não é apenas de um prefeito, mas de todo o Estado. “Tem que haver uma união entre Estado, município e gestores da Educação e encontrar um caminho para colocar essas crianças nas escolas”, disse o parlamentar, destacando a importância de geração de empregos para que os pais dessas crianças não venham a ser cooptadas pelo tráfico.

Ao parabenizar Medeiros pelo pronunciamento, Inácio Loiola destacou as realizações feitas pelo atual Governo do Estado nas diversas áreas, no entanto observou a decadência do ensino público ao longo dos tempos, não só em Alagoas, mas em todo o País. “Nesses últimos anos a escola pública tem passado por um processo de degradação muito grande”, disse ele.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.