Craíbas

por Carlos Villa Verde publicado 15/04/2015 16h31, última modificação 15/04/2015 16h31

Manoel Nunes da Silva Santos foi um dos primeiros habitantes da região onde está hoje o município de Craíbas, tendo chegado por volta de 1865. Ele comprou um grande lote de terras que pertencia a Felipe Nogueira de Lima, composto basicamente de árvores e matas, particularmente, a craibeira, que, no futuro, deu nome à cidade. 

Mesmo constatando ser uma região pobre, o novo dono das terras resolveu ficar ali mesmo. Até a morte de sua mulher, Josefa Teixeira da Silva, em 1892, Manoel Nunes era o único dono de tudo. Com a partilha dos bens entre filhas e genros, as terras foram divididas. A partir daí, foi iniciado por eles o desenvolvimento no povoado. 

Só no início do século XX é que Craíbas passou a ter características de cidade. Em 23 de março de 1923 foi realizada a primeira feira pública. Em 1939 foi instalado o primeiro cartório de registro civil. 

A emancipação política de Craíbas ocorreu no ano de 1962, através da Lei 2.471. O projeto, de autoria do deputado José Pereira Lúcio, foi aprovado na Assembléia Legislativa e sancionado pelo então governador Luiz Cavalcante.

Antonio Barbosa foi nomeado prefeito até a realização de eleições no novo município. Em 1963, saiu-se vitorioso Manoel Pedro da Silva, que perdeu o mandato em 1965, quando a cidade voltou a ser distrito de Arapiraca. Só em 1982, após um plebiscito, o então governador Theobaldo Barbosa devolveu a autonomia político-administrativa a Craíbas. 

Craíbas tem, em seu calendário, duas festividades bastante movimentadas: a festa de Emancipação Política (23 de abril) e a festa da padroeira, Nossa Senhora da Conceição (8 de dezembro).

Dados do Município

Situação Geográfica: Microrregião de Arapiraca, limites com Igaci, Arapiraca, Lagoa da Canoa, Jaramataia e Major Isidoro. 252 metros acima do nível do mar.

Área: 272,847 km²

Clima: Temperado. Máxima de 28° C e mínima de 18° C

População estimada 2014: 24.166 habitantes

Eleitorado: 15.809 eleitores

Prefeito: Bruno Albuquerque de Farias Santos (PTB) (2013-2016).