Igreja Nova

por Comunicação/ALE publicado 22/04/2015 17h24, última modificação 22/04/2015 17h24

Um dos mais antigos municípios do Estado, Igreja Nova tem sua história ligada à exploração do rio São Francisco  por pescadores saídos da cidade de Penedo que, por volta do século XIX, fundaram um povoado denominando-o de Ponta das Pedras, em seguida chamando-o de Oitizeiro. 

Logo, foi erguida uma pequena capela para orações a São João Batista, até hoje padroeiro do município. Em 1908, após o desmoronamento da capela, frades alemães se uniram aos moradores para construir um dos mais belos templos católicos de Alagoas, cujas badaladas de sinos são ouvidas a uma distância de 6 km, chamada Igreja Nova.

A povoação foi desmembrada de Penedo e teve seus limites fixados pela resolução 849, de 1880. As primeiras tentativas de elevar o povoado à vila (com leis de 1885 e 1889) não surtiram efeito. Em 1890, através do decreto 39, o processo se completa e a nova vila passa a se chamar Triunfo. Em 1892, foi conduzida à categoria de cidade, até uma nova lei suprimir a condição e anexá-la novamente a Penedo. Apenas em 1897, foi elevada à condição de cidade. O nome Igreja Nova, porém, só foi adotado em 1928. 

O município é um dos maiores produtores de arroz do Estado, com reconhecida importância no desenvolvimento da região ribeirinha do São Francisco. Além disso,  desenvolve projetos de piscicultura em parceria com a Codevasf, que encontra no município  um laboratório natural, no maior açude de Alagoas. O espírito festivo da população pode ser visto nas festas do padroeiro (São João Batista, em 24 de junho), da Emancipação Política (16 de maio) e no carnaval, onde é revivida a antiga tradição dos mascarados.


Dados do Município


Situação Geográfica: Microrregião de Penedo, limites com Porto Real do Colégio, São Sebastião, Junqueiro e Penedo. 35 metros acima do nível do mar.

Área: 427,028 km²

Clima: Temperado. Máxima de 37° C e mínima de 32° C

População estimada 2014: 24.455 habitantes.

Eleitorado: 15.478 eleitores.

Prefeito: José Augusto Souza Santos (PDT) (2013-2016).