Limoeiro de Anadia

por Carlos Villa Verde publicado 22/05/2015 09h34, última modificação 22/05/2015 09h34

O município originou-se de uma fazenda de gado, de propriedade de Antônio Rodrigues da Silva. Contam que no início de seu povoamento, os exploradores se embrenhavam nas suas matas, em busca de caças e sempre costumavam descansar à sombra de limoeiro, cuja árvore havia em abundância em sua paragens: daí, a explicação para o nome da cidade.

No entanto, falam também, que apesar do topônimo estar ligado à existência no local, limoeiro, assim denominaram o lugarejo, em consequência de nele terem encontrado uma árvore desta natureza, que se achava próxima à capela construída em 1789, a qual fora justamente erguida pelo próprio Antônio Rodrigues da Silva, cujo templo foi consagrado à Santa Cruz e à Nossa Senhora da Conceição do Limoeiro. O tempo passou e logo o povoado crescera em torno da capela, quando posteriormente o lugarejo teve sua denominação somada ao termo "de Anadia", que era o topônimo da cidade à qual Limoeiro de Anadia estava subordinado.


Dados do Município

Situação Geográfica: Microrregião de Arapiraca, limites com Coité do Nóia, Arapiraca, Junqueiro, Campo Alegre, Anadia e Taquarana. 153 metros acima do nível do mar;

Área: 308,372 km²;

Clima: Quente e seco. Máxima de 36° C e mínima de 25° C;

População estimada 2014: 28.439 habitantes;

Eleitorado: 15.355 eleitores;

Prefeito: James Marlan Ferreira Barbosa (PP) (2013-2016)