Major Isidoro

por Carlos Villa Verde publicado 22/05/2015 09h39, última modificação 22/05/2015 09h39

Antigo distrito de Sertãozinho, o município recebeu o seu atual nome em homenagem ao Major Isidoro Jerônimo da Rocha, fundador do povoado. A colonização, no entanto, começou quando Antônio Jerônimo da Rocha comprou uma propriedade na região e se instalou com a sua família. Dos filhos, apenas Isidoro manteve os negócios do pai, que era conhecido como patriarca de Sertãozinho nome de uma de suas fazendas.

Isidoro lutou insistentemente pela emancipação. Em 1920, conseguiu que o Poder Legislativo, através da Lei nº 946, autorizasse o governo a elevar Sertãozinho a município. O governador não aceitou e manteve a área como distrito.

Só em 1949 foi concebida a emancipação, desmembrando Sertãozinho dos municípios de Batalha, Santana do Ipanema e Palmeira dos Índios. Nessa época, Isidoro já estava morto, mas os moradores decidiram fazer-lhe a homenagem, dando seu nome à cidade.

Além de boas terras para pastagens, Major Isidoro se destaca pela criação de gado, principalmente das raças nelore, holandês e guzerat, que lhe rendem o título de segundo maior produtor de leite do Estado.


Dados do Município

Situação Geográfica: Microrregião de Batalha, limites com Cacimbinhas, Dois Riachos, Olivença, Olho d'Água das Flores, Jacaré dos Homens, Batalha, Jaramataia, Arapiraca e Igaci. 200 metros acima do nível do mar;

Área: 448,847 km²;

Clima: Quente e seco. Máxima de 38° C e mínima de 18° C;

População estimada 2014: 19.963 habitantes;

Eleitorado: 13.535 eleitores;

Prefeita: Maria Santana Mariano Silva Campos (PTB) (2013-2016).