Maribondo

por Carlos Villa Verde publicado 22/05/2015 10h14, última modificação 22/05/2015 10h14

Conta a história do município que um pequeno sítio chamado "Poço da Caatinga" foi implantado em 1905 a 18 km de Anadia e tinha esse nome por possuir um poço de água cristalina localizado entre ingazeiros e canafístulas. Em meio à vegetação formou-se uma grande casa de maribondos, passando o lugar a se chamar "Poço da Casa de Maribondos". Em meio a tantas fazendas, a de José Sapucaia de Araújo foi a que mais se desenvolveu, com a instalação, em 1910, do primeiro vapor de algodão. Em 1913 chegou à região a família Azevedo e, logo depois, José Xavier de Azevedo instalou a primeira feira, destruída, sem explicação, pela guarda municipal de Anadia.

A história da cidade, porém, reconhece como seu fundador João Antonio dos Santos, que em 1919 comprou uma grande fazenda, construindo nela uma casa e a primeira mercearia do município, abrindo também uma pequena loja de tecidos. Em 1930, com apenas 45 moradores, Maribondo servia de parada para repouso dos viajantes que vinham para a Capital ou iam para o Interior. Em 1947, foi implantada uma nova feira. O governador Silvestre Péricles, em 1948, criou a Escola Rural. Em 1950, a primeira igreja. A BR316 também deu importante impulso ao desenvolvimento do município, levando um grupo a trabalhar pela autonomia. Em 1962, o distrito foi emancipado de Anadia.

As maiores atrações do município são as festividades, onde se destacam o Micabondo (carnaval fora de época), a Feira de Ciências e Cultura (FECICUM), a Festa da Padroeira (6 a 15 de janeiro) e a festa de Emancipação Política (24 de agosto). A feira livre, aos domingos, também atrai visitantes.


Dados do Município

Situação Geográfica: Microrregião de Palmeira do Índios. Limites com Tanque d'Arca, Anadia, Boca de Mata, Atalaia, Pindoba e Mar Vermelho. 150 metros acima do mar;

Área: 174,348 km²;

Clima: Temperado. Máxima de 29° C e mínima de 22° C;

População estimada 2014: 13.719 habitantes;

Eleitorado: 9.842 eleitores;

Prefeito: Antônio Ferreira de Barros (PSD).