Bruno Toledo critica falta de informações solicitadas à Secretaria de Saúde

por Comunicação/ALE publicado 22/06/2017 18h45, última modificação 22/06/2017 18h49

O deputado Bruno Toledo (PROS) usou a tribuna da Casa durante a sessão ordinária desta quinta-feira, 22, para criticar a postura da ex-secretária de Saúde do Estado, Rozangela Wyszomirska em relação a questões a ela encaminhada. Toledo contou que encaminhou oficio, datado de 13 de dezembro do ano passado, à então secretária de Saúde solicitando entre outras informações, o relatório contendo todos os processos administrativos envolvendo dispensa de licitação nos anos de 2015 e 2016 para aquisição de insumos para o órgão, informações dos números de processos com dispensa de licitação, com respectivas cópias dos processos, volumes e valores adquiridos no período.

"No dia 13 de junho de 2017, ou seja, seis meses depois, me veio a resposta desse processo. Simplesmente a ex-secretária Rozangela dizendo que, por não ser mais titular da pasta, não poderia responder aos meus questionamentos e devolveu o ofício”, contou Bruno Toledo, informando que, segundo a Constituição a resposta deveria ter sido encaminhada após 30 dias do recebimento do ofício, que foi aprovado pelo plenário do Parlamento.

“Na verdade estamos vivendo um período de banalização das nossas atribuições, de uma total anarquização do Poder Executivo”, considerou o parlamentar. “Quando a Assembleia Legislativa solicita informações a um secretário, por meio de ofício, e somente depois de seis meses é devolvido a este Poder justificando que não pode ser respondido, é um processo de banalização e anarquização das instituições públicas”, reforçou Toledo, argumentando que uma das funções do deputado é fiscalizar e informou que já enviou um novo ofício ao atual gestor da Saúde do Estado, Christian Teixeira em 31 de maio último e que até agora não obteve resposta. “Vou continuar minha peregrinação em busca de acesso a informação com os recursos públicos. Não sei até quando esta Casa vai aturar essa falta de respeito”, completou Bruno Toledo.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.