Bruno Toledo questiona planejamento para que novos hospitais entrem em atividade

por Comunicação/ALE publicado 27/02/2018 17h18, última modificação 27/02/2018 17h18

O deputado Bruno Toledo (PROS) usou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira, 27, para questionar a contratação de mão de obra para os hospitais que estão sendo construídos pelo governo do Estado. “Não sou contra a construção destes hospitais, mas sabemos que unidades de saúde que visam salvar vidas não podem apenas ser prédios físicos e servir de palanque. Não digo que essa é a intenção do Executivo, mas me preocupa quando com toda pompa e circunstâncias novos hospitais são anunciados sem que, atrelado a estes anúncios, esteja o planejamento detalhado de como irão funcionar, ou de como serão as estratégias para gerar os diversos empregos que são prometidos”, disse.

Toledo lembrou que não é a primeira vez que alerta para este assunto e que já chamou a atenção para o uso de recursos, de forma errada, do Fundo de Combate a Erradicação da Pobreza (Fecoep). “Em um segundo momento, mesmo antes da operação da Polícia Federal no ano passado, falei da situação dos fornecedores sem receber e das compras fracionadas. Não bastassem esses pontos, chamei atenção de gastos injustificados que chamaram atenção posteriormente até de veículos de comunicação nacional”, afirma.

Voltando para a construção dos hospitais, o deputado disse que o Executivo não vem apresentando, de forma clara, um planejamento eficaz de como pretende fazer com que estes funcionem. “Creio que a Saúde no Governo Renan Filho não mereça elogios, em que pese os novos hospitais anunciados. Torço para que eles deem certo, pois quero a sociedade com melhor atendimento. Acredito, inclusive, que esta minha visão seja a dos usuários do sistema de saúde estadual”, disse.

Por fim, Toledo solicitou que o governador apresente um planejamento de como pretende manter esses hospitais em construção. “Apresentarei um requerimento para que tais informações sejam encaminhadas a esta Casa. Trata-se de buscar saber o planejamento da saúde para estas novas unidades. Lembro que já fiz este questionamento antes ao secretário da Saúde quando ele aqui esteve e não obtive resposta”, concluiu.

 

error while rendering plone.comments