Davi Maia lamenta as saídas de Salim Mattar e Paulo Uebel da equipe econômica do Governo Federal

por Comunicação/ALE publicado 13/08/2020 11h45, última modificação 13/08/2020 11h51

O deputado Davi Maia (DEM) lamentou na sessão desta quinta-feira, 13, a saída dos economistas e secretários especiais do Ministério da Economia, Salim Mattar (Desestatização e Privatização) e Paulo Uebel (Desburocratização, Gestão e Governo Digital), que pediram demissão dos cargos na última terça-feira, 11.

Davi Maia prestou uma homenagem especial ao secretário Salim Mattar, que tentou apresentar ao País uma nova política de privatização e desestatização dentro do Governo Federal. “Já Paulo Uebel foi quem criou o programa de liberdade econômica aprovada no Congresso. Espero muito que o presidente da República possa remontar seu Governo com liberais e que esteja cercado de pessoas que querem o bem do Brasil”, destacou.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.