Detran apresenta projetos inovadores em audiência pública no Parlamento alagoano

por Comunicação/ALE publicado 11/05/2018 15h05, última modificação 14/05/2018 09h22

Com o tema “Detran e a sociedade, a Assembleia Legislativa realizou nesta sexta-feira, 11, uma audiência pública com o objetivo apresentar à população os serviços inovadores elaborados pelos técnicos do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL), que tornaram o órgão referência em nível nacional. Durante a sessão, de autoria do deputado Ronaldo Medeiros (MDB), os servidores também fizeram reivindicações, como a realização de concurso público, reajuste salarial e a autonomia financeira do departamento, que este ano deve apresentar um saldo de aproximadamente R$ 150 milhões.

Após os debates, ficou definido que será elaborado um documento para análise do Governo e uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), com o intuito de inserir o Detran/AL na estrutura administrativa do Executivo, na Constituição Estadual. “Queremos que o Detran conste na Constituição do nosso Estado e, com isso, melhorar, dar maior funcionalidade e mais autonomia ao órgão, para que ele não percorra certos caminhos burocráticos. Isso pode ser evitado por meio dessa PEC”, observou Ronaldo Medeiros.

O parlamentar destacou a importância dos debates, ressaltando o desempenho dos técnicos do departamento de trânsito, que apresentaram, à sociedade alagoana, diversas inovações e serviços pioneiros no Brasil. “Fiquei muito gratificado, principalmente quando vemos que esses serviços são elaborados por técnicos do Detran/AL, levando ideias inovadoras para todo o Brasil”, disse Ronaldo Medeiros, parabenizando o diretor-presidente do Detran/AL, Antonio Carlos Gouveia, pela importante atuação à frente do órgão.

Gouveia agradeceu a iniciativa do Parlamento alagoano em trazer ao conhecimento da sociedade o trabalho inovador realizado pelo Detran, que vem resultando em números positivos para Alagoas, a exemplo da redução, em mais de 70%, nos casos de acidentes com vítimas fatais nas vias e rodovias estaduais. “A motivação e o entusiasmo faz você trabalhar algo diferente, o improviso dentro de um conceito de responsabilidade. Na lei Seca, por exemplo, temos vários tipos de serviços, onde as demais (outros estados), só pensam na alcoolemia”, observou Gouveia, acrescentando que em Alagoas se pensa além disso, ou seja, mantendo o foco na segurança pública. “Trabalhamos conceitos de responsabilidade", disse o gestor do Detran, reforçando que o eixo principal de sua gestão é simplificar a vida do condutor e, sobretudo, mudar o seu comportamento para salvar vidas, através de campanhas educativas, principalmente nos períodos festivos, de férias escolares, no Maio Amarelo (mês de atenção à vida).

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores do Detran/AL, Roberto Martins, Detrans de diversos estados brasileiros têm buscado em Alagoas “uma fonte de inspiração para melhorar  e atualizar os seus serviços e procedimentos”. “A Lei Seca de Alagoas já recebeu missões da Paraíba, Pernambuco e até do Tocantins. Ou seja, temos um Detran eficiente e especial”, contou. “Mas há algo mais grave: estamos perdendo a manutenção desses projetos e atravancando o órgão, sem a possibilidade de avançar e de inovar ainda mais, porque carecemos do retorno da autonomia administrativo-financeira da instituição”, observou Martins.

Segundo o dirigente sindical, há um déficit de pelo menos 210 servidores e a categoria reivindica a realização de um concurso público abrindo, pelo menos, 140 vagas, para suprir parte da demanda. Outro pleito é a equiparação salarial dos servidores do órgão com os demais que compõem a segurança pública, além da revisão do plano de cargos e carreiras da categoria. “A fim de que se renove o quadro, para que tenhamos gente inovando, transformando o Detran”, ressaltou Roberto Martins.

A sessão pública contou com a participação da deputada Jó Pereira (MDB), que chegou a presidir os trabalhos da mesa; do presidente da Federação Nacional dos Sindicatos dos Servidores dos Detrans Estaduais e do Distrito Federal (Fetran), Eider Marcos Antunes de Almeida (Detran/DF); da presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Rilda Alves e de técnicos e servidores do Detran/AL.

error while rendering plone.comments