Palestina

por Comunicação/ALE publicado 27/04/2015 16h10, última modificação 24/10/2018 20h33

Palestina-Bandeira

Por volta de 1880, a área onde hoje está o município de Palestina era uma fazenda que pertencia a Joaquim Félix de Melo e Manoel Januário de Carvalho. Depois que eles morreram, as famílias seguiram para outra região.

Em 1940, José Ferreira de Melo, vindo de Pão de Açúcar, chegou à antiga fazenda. Lá, instalou uma mercearia e um entreposto de compra de cereais. Montou, em seguida, uma fábrica de laticínios que produzia, na época, cerca de 10 mil litros de leite por dia, além de umdescaroçador de algodão. Nessa época, o local era conhecido como Retiro de Cima. Em pouco tempo formou-se um pequeno povoado. A primeira feira foi instalada pelos moradores em 1949. O comércio começou a se expandir e Retiro se desenvolveu.

Além de José Ferreira de Melo - considerado fundador são lembrados na região, como pioneiros, Manoel Silvino de Carvalho, Pedro Félix de Melo, Arestides Joaquim de Carvalho, Josué Rodrigues de Carvalho, Manoel Joventino de Carvalho, Pedro e Manoel Joaquim de Carvalho.

José Ferreira de Melo encabeçou o movimento pela emancipação. Em 1962, através da Lei 2.469, o povoado de Retiro passou a ser o município de Palestina, que recebeu este nome por motivos religiosos.

Nos finais de semana, a atração de Palestina é o Açude do DNOCS, onde a população pesca e mergulha para aplacar o calor. As festividades do município resumem-se na festa do padroeiro Sagrado Coração de Jesus (29 de junho) e nas comemorações da Emancipação Política (27 de agosto).

Dados do Município

Situação Geográfica: Messoregião do Sertão Alagoano. Microrregião de Santana do Ipanema. Limites com Monteirópolis, Pão de Açúcar e Jacáre dos Homens. 150 metros acima do nível do mar.

Área: 38,206 km²

Clima: Temperado. Máxima de 38° C e mínima de 25° C

População estimada 2018: 4.985 habitantes

Eleitorado: 4.296 eleitores

Prefeita: Eliane Silva Lisboa (2017-2020)